Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Exportações de armas dos EUA chegam a US$ 192,3 bilhões

O valor total de transferências autorizadas de armas dos Estados Unidos para outros países cresceu 13% no ano fiscal de 2018, segundo informou o Departamento de Estado norte-americano.


Sputnik

"Ao longo do último ano fiscal, as exportações autorizadas de armas cresceram ao todo 13 por cento, para US$ 192,3 bilhões, acrescentando milhares de empregos à economia dos EUA e mantendo muitos outros milhares", diz a nota divulgada pela diplomacia dos EUA.


Soldados estadunidenses descarregam munições recém-entregues na base militar de Ramstein (Alemanha)
Militares dos EUA descarregam munições na Alemanha | CC0 / Força Aérea dos EUA

De acordo com as autoridades, o aumento foi registrado tanto nas vendas entre governos como nas vendas comerciais de equipamentos de defesa, com destaque para os negócios firmados com Arábia Saudita, Kuwait, Polônia, Romênia, Emirados Árabes Unidos, Bahrein, Nigéria e Holanda.

O Departamento de Estado atribuiu parte do sucesso nas exportações à nova política de Transferência Convencional de Armas, divulgada em abril pelo presidente Donald Trump. Em resumo, essa política garante que aliados e parceiros tenham acesso facilitado a materiais de defesa dos EUA.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas