Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

FSB: navios ucranianos ignoraram ordens para parar e violaram águas russas

O Serviço Federal de Segurança da Rússia, o FSB, afirmou na noite deste domingo que o incidente ocorrido mais cedo no mar de Azov, ao norte do mar Negro, foi provocado por navios ucranianos que violaram as águas territoriais russas.


Sputnik

De acordo com as autoridades russas, uma vez que as embarcações ignoraram as ordens para parar, as forças russas precisaram utilizar armas para defender o espaço dos invasores.


Navio de patrulha ucraniano (arquivo)
CC BY 4.0 / Ukrainian Military Pages / BG32 "Donbas" (cropped image)

Os três navios ucranianos que participaram da ação, Berdyansk, Yana Kapu e Nikopol, foram detidos, enquanto três marinheiros ficaram feridos. Mas todos receberam os devidos cuidados médicos e não correm riscos de vida.

"Há evidências irrefutáveis provando que Kiev estava preparando e encenando uma provocação envolvendo a Marinha da Ucrânia no mar Negro. Esses materiais serão liberados em breve", disse o FSB em um comunicado.

No início do dia, três navios da Marinha ucraniana, em violação dos artigos 19 e 21 da Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar, cruzaram a fronteira marítima russa, entraram na área temporariamente fechada das águas territoriais russas e estavam se movendo do mar Negro em direção ao estreito de Kerch, de acordo com o FSB. Outro grupo de navios se dirigia para o estreito de Kerch a partir do porto de Berdyansk, no mar de Azov. O estreito de Kerch, que liga os mares Negro e Azov, foi fechado para embarcações civis por questões de segurança.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas