Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Hamas divulga detalhes do cessar-fogo com Israel

O movimento islâmico palestino Hamas, que controla a Faixa de Gaza, declarou neste sábado que a trégua com Israel inclui medidas para aliviar o bloqueio israelense à Gaza palestina, bem como a expansão da área de pesca, disse Ismail Radwan, um líder do grupo, em um comunicado.


Sputnik

"O acordo inclui a expansão da área de pesca ao largo da costa de Gaza de 14 para 20 milhas náuticas, disponibilidade de uma linha de eletricidade de alta tensão e facilitações para a exportação", disse Radwan.


Manifestação pela unidade política palestina une apoiadores do Hamas e do partido Fatah (foto de arquivo)
© AFP 2018 / SAIF DAHLAH

De acordo com o representante do Hamas, "a reconstrução de residências civis (destruídas por um bombardeio israelense) e o desenvolvimento de projetos para criar oportunidades de emprego para especialista" também estão contempladas no acordo de cessar-fogo.

Israel e os grupos palestinos chegaram a um cessar-fogo por um acordo indireto, mediado principalmente pelo Egito e pela ONU. A trégua colocou fim à pior escalada de violência na região desde a ofensiva israelense em Gaza no ano de 2014.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas