Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Irã lança produção em série de seu 1º caça Kowsar

O Irã lançou neste sábado (3) a produção em série do Kowsar, o primeiro caça totalmente desenvolvido no país, informa a agência Tasnim.


Sputnik

O Irã havia apresentado o novo avião em agosto deste ano.


Caça Kowsar, o primeiro de produção iraniana
Caça iraniano Kowsar | CC BY 4.0 / Tasnim News Agency

Segundo a agência, o comandante do Exército, major-general Abdolrahim Mousavie, e o ministro da Defesa Amir Hatami inauguraram a produção em série do jato Kowsar na Empresa Industrial de Produção de Aeronaves Iraniana (HESA), controlada pela Organização de Indústrias de Aviação do Irã (IAIO) do Ministério da Defesa.


Irã lança produção em série do caça Kowsar
Irã lança produção em série do caça Kowsar | CC BY 4.0 / TASNIM NEWS AGENCY / (CROPPED PHOTO)

Equipado com sistemas aviônicos de quarta geração, o caça iraniano é capaz de transportar diversas armas e será usado para missões de apoio aéreo a curta distância.

As autoridades iranianas sublinharam várias vezes que o país não hesitará em fortalecer suas capacidades militares, incluindo na área dos mísseis, mas que estas têm apenas o objetivo de defesa.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas