Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Irã realiza manobras grandiosas enquanto EUA restabelecem sanções (VÍDEO)

O Irã mostrou sistemas de defesa antiaérea durante manobras de grande escala realizadas no mesmo dia em que os Estados Unidos reintroduziram oficialmente segundo pacote de sanções, afetando centenas de indivíduos e empresas.


Sputnik

As tropas iranianas treinavam maestria de defesa antiaérea enquanto altos funcionários americanos discursavam sobre novas restrições que visam reduzir a zero exportação de petróleo do Irã.


Video of Massive Air Defense Drills across Iran

As manobras aconteceram em uma área de 500 mil km² e deverão ser finalizadas nesta terça-feira (6), segundo escreve o RT. Nos exercícios, denominados Velayat 97, participaram as Forças Armadas e o Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica do Irã.

Segundo o porta-voz das manobras, citado pela agência Tasnim, sistemas de defesa aérea iraniano detectaram com sucesso todos os alvos convencionais, incluindo drones de reconhecimento, bombardeiros e pequenos veículos aéreos no primeiro dia das manobras.

A simulação militar é única em termos de número de aeronaves convencionais inimigas voando na zona, diversidade de veículos aéreos e número de mísseis e projéteis disparados durante as manobras, sublinhou o porta-voz.

Na segunda-feira (5), foram revigoradas as sanções "mais fortes de sempre" contra o Irã de antes da assinatura do Plano de Ação Conjunto Global, conhecido também como acordo nuclear iraniano. A decisão foi tomada após Donald Trump anunciar saída dos EUA do acordo em maio deste ano.

O primeiro pacote de restrições entrou em vigor no dia 7 de agosto. As novas sanções afetam em primeiro lugar o setor petrolífero iraniano. No entanto, os Estados Unidos isentaram oito nações importadoras de petróleo de suas novas sanções, incluindo China, Turquia, Itália, Grécia, Índia, Taiwan, Japão e Coreia do Sul, permitindo-os parar negócios com Teerã gradualmente.

Irã, por sua vez, afirmou que continuará exportando petróleo, e o presidente do país prometeu "contornar as sanções".



Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas