Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

Lança-mísseis e helicópteros bombardeiros expulsam terroristas no sul da Síria (VÍDEOS)

O exército sírio empregou contra os terroristas do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) os lança-mísseis de fabricação nacional mais potentes.


Sputnik

De acordo com o portal Russkoe Oruzhie, os combates tiveram lugar na área das colinas Tulul al-Safa, situada no deserto de As-Suwayda.


Sistema de mísseis sírio Golan (foto de arquivo)
Golan-400 © Sputnik / Mikhail Voskresensky

Ao lado do lançador Golan-1000, instalado sobre chassi do tanque T-72, na área estão operando os Golan-400 sobre rodas.

Nos vídeos que surgiram na web, é mostrado este material bélico sírio instalado sobre caminhões GAZ Sadko de produção russa. Estes lançadores são capazes de efetuar lançamentos de foguetes pesados. O alcance de seu voo é relativamente curto, contudo, eles são dotados de ogivas potentes, capazes de causar destruições maciças no terreno.

Segundo o portal, estes sistemas já comprovaram sua alta eficácia do decorrer dos combates na área de Damasco.

A ofensiva das tropas sírias foi apoiada a partir do ar. As imagens do vídeo mostram, ao lado dos Su-34 da Força Aeroespacial russa, helicópteros de combate sírios Mi-25 e um Ka-28 antissubmarino. Os veículos de asas rotativas atuam como bombardeiros.

Enquanto isso, no terreno os destacamentos mecanizados com tanques T-72 e veículos de combate de infantaria estão terminando a limpeza das restantes formações terroristas.


Veja o vídeo aqui e outro vídeo aqui

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas