Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA podem dobrar contingente militar na América do Sul, diz chefe da inteligência russa

Os EUA podem aumentar seu contingente militar na América Central e do Sul de 20 mil para 40 mil homens, disse o vice-almirante Igor Kostyukov, chefe do Departamento Central de Inteligência (GRU, sigla em russo), do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia.
Sputnik

"Embora na América Latina não haja ameaça militar direta para a segurança dos EUA, Washington tem uma presença militar significativa [na região]. O Comando Conjunto das Forças Armadas dos EUA implantou na América Central e do Sul um contingente de 20 mil militares. No período de ameaças este pode aumentar para 40 mil militares", explicou Kostyukov.


De acordo com ele, os EUA podem provocar uma "revolução colorida" na Nicarágua e Cuba.

"As tecnologias de 'revolução colorida' testadas na Venezuela podem vir a ser usadas em breve na Nicarágua e em Cuba", disse ele.

Segundo Kostyukov, os EUA estão tentando estabelecer o controle total sobre a América Latina.

"A Administração dos EUA considera…

Mísseis americanos Patriot fortalecem futura defesa antiaérea da Alemanha

As autoridades dos Estados Unidos aprovaram a integração de mísseis norte-americanos Patriot PAC-3 no futuro sistema de defesa antiaérea da Alemanha.


Sputnik

Segundo comunica a agência Reuters, citando representantes do Pentágono, o Bundeswehr (Forças Armadas da Alemanha) planeja substituir o seu sistema MEADS (Medium Extended Air Defense System, na sigla em inglês) que atualmente constitui a base da defesa antiaérea alemã, por complexos antimísseis estadunidenses Patriot.


Sistema de defesa antimíssil norte-americano Patriot PAC-3 em ação
Patriot PAC-3 | CC BY 2.0 / Agência de defesa antimíssil dos EU

Em particular, destaca-se que o país europeu pretende assinar o contrato de entrega em 2019 e posicionar o sistema em seu território já em 2025.

Em agosto, o Ministério da Defesa da Alemanha pediu às empresas Lockheed Martin norte-americana e MBDA europeia para apresentarem as propostas finais. No entanto, indica a agência, citando as palavras de uma fonte que conhece a situação, a integração dos novos mísseis no sistema de defesa antiaérea alemã precisou da aprovação de Washington.

Um representante do Departamento de Defesa dos EUA confirmou essas informações à Reuters, sem, no entanto, fornecer quaisquer detalhes.

Vale destacar que, de acordo com dados preliminares, o preço do novo sistema pode superar em alguns bilhões seu custo inicial, estimado em 4 bilhões (R$ 16,9 bilhões).

O sistema Patriot é um sistema de mísseis de longo alcance projetado para proteger contra aeronaves, drones e mísseis balísticos ou de cruzeiro. A solução de longo alcance e alta altitude foi testada mais de 3.000 vezes.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas