Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Oficiais russos chegam à Índia para exercícios militares conjuntos 'Indra 2018'

Um grupo avançado de oficiais russos do Distrito Militar do Leste chegou à capital da Índia para participar da preparação das manobras conjuntas entre Rússia e Índia "Indra 2018".


Sputnik

"Durante o trabalho, a delegação de oficiais do Distrito Militar do Leste realizará a inspeção e aprovação dos pontos de localização das forças armadas russas, bem como o equipamento de guerra que o lado indiano oferecerá durante a realização das manobras conjuntas", informou a repórteres o porta-voz da entidade militar Aleksandr Gordeev.


Militares em atividades de prontidão no Distrito Militar Oriental da Rússia (Arquivo)
© Sputnik / Vitaliy Ankov

De acordo com a informação do Distrito Militar do Leste, os exercícios russo-indianos serão realizados este ano na Índia de 18 a 28 de novembro.

​A Rússia planeja envolver na simulação cerca de 250 soldados de uma unidade de infantaria motorizada da região de Primorye.

Os exercícios anti-terroristas Indra são realizados desde 2003. A edição anterior foi realizada no ano passado no Extremo Oriente russo.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas