Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

Oficiais russos chegam à Índia para exercícios militares conjuntos 'Indra 2018'

Um grupo avançado de oficiais russos do Distrito Militar do Leste chegou à capital da Índia para participar da preparação das manobras conjuntas entre Rússia e Índia "Indra 2018".


Sputnik

"Durante o trabalho, a delegação de oficiais do Distrito Militar do Leste realizará a inspeção e aprovação dos pontos de localização das forças armadas russas, bem como o equipamento de guerra que o lado indiano oferecerá durante a realização das manobras conjuntas", informou a repórteres o porta-voz da entidade militar Aleksandr Gordeev.


Militares em atividades de prontidão no Distrito Militar Oriental da Rússia (Arquivo)
© Sputnik / Vitaliy Ankov

De acordo com a informação do Distrito Militar do Leste, os exercícios russo-indianos serão realizados este ano na Índia de 18 a 28 de novembro.

​A Rússia planeja envolver na simulação cerca de 250 soldados de uma unidade de infantaria motorizada da região de Primorye.

Os exercícios anti-terroristas Indra são realizados desde 2003. A edição anterior foi realizada no ano passado no Extremo Oriente russo.

Comentários

Postagens mais visitadas