Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Rússia efetua ataques aéreos contra posições de terroristas que atacaram Aleppo

Hoje (25), após um ataque químico contra Aleppo ontem, a Força Aeroespacial da Rússia que está presente no território sírio bombardeou as posições de terroristas, de onde precisamente havia sido lançado o ataque contra a população civil.


Sputnik

Essas informações foram comunicadas hoje pelo representante oficial do Ministério da Defesa da Rússia, general-major Igor Konashenkov. O alto oficial também informou que a inteligência havia encontrado, na zona desmilitarizada de Idlib, as armas usadas no ataque contra Aleppo.


Caça Su-30 realizando pouso na base aérea de Hmeymim
Sukhoi Su-30 © Sputnik / Maksim Blinov

"Na região da província desmilitarizada de Idlib, a inteligência do contingente militar russo na República Árabe Síria achou os armamentos usados pelos militantes dos agrupamentos armados ilegais para efetuar os ataques com substâncias tóxicas contra a cidade de Aleppo, bem como encontrou vestígios de preparativos para nova utilização", explicou.

Ele também acrescentou que aviões da Força Aeroespacial da Rússia realizaram ataques contra as posições de artilharia dos militantes usadas para o ataque de ontem, na qual ficaram feridas mais de uma centena de pessoas.

"Na sequência dos ataques aéreos, todos o alvos terroristas foram eliminados", precisou.

Além disso, Igor Konashenkov destacou que a parte turca foi avisada dos ataques russos com antecedência através da linha telefónica especial.

Os agrupamentos terroristas da zona de desescalada em Idlib atacaram os bairros noroeste de Aleppo ontem (24), disparando munições de morteiro de 120 mm alegadamente carregadas com cloro. Os especialistas em armas químicas russos se deslocaram imediatamente aos bairros atacados e, com a ajuda de equipamentos especiais, já estão acompanhando as pessoas hospitalizadas e monitorizando a situação.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas