Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Su-25 russos sobrevoam Ponte da Crimeia (VÍDEO)

Após a entrada ilegal de navios da Marinha da Ucrânia nas águas territoriais da Rússia, aviões de ataque Su-25 da Força Aeroespacial russa patrulham o estreito de Kerch.


Sputnik

Nas imagens, publicadas pelo portal Kerch.Info, é possível ver dois aviões russos Su-25 voando paralelamente à Ponte da Crimeia. O vídeo foi gravado por testemunhas que cruzavam a ponte.


Caças russos Su-25 decolando da base aérea em Hmeymim, Síria (foto de arquivo)
Sukhoi Su-25 © Sputnik / Dmitry Vinogradov

Na madrugada de domingo (25), três navios de guerra da Marinha ucraniana, sem nenhuma autorização para navegar na área, invadiram as águas territoriais russas e avançaram em direção ao estreito de Kerch.

Posteriormente, outras duas embarcações blindadas de artilharia partiram do porto ucraniano de Berdiansk na direção da ponte.

Como resposta, o lado russo utilizou navios militares e um cargueiro para bloquear o acesso ao estreito, além de enviar os Su-25 para fazer o patrulhamento do espaço aéreo na região.

Em comunicado à imprensa, o Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) na Crimeia disse que a guarda costeira russa estava "tomando as medidas necessárias para garantir a segurança da navegação e pôr fim à provocação deliberada", que visava criar uma situação de conflito nesta região.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas