Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Submarino russo classe ‘Kilo’ pousa no leito marinho em exercício

O submarino diesel-elétrico de Krasnodar, Project 636.3 (“Improved Kilo” pela classificação da OTAN), foi totalmente desligado e pousou no leito do Mar Negro durante um exercício, disse o porta-voz da frota do Mar Negro, Alexey Rulev, no mês passado.


Poder Naval

Durante o exercício, o submarino pousou no fundo do mar a uma profundidade de 20 metros da superfície. De acordo com a missão, ele permaneceu totalmente sem energia por duas horas, a tripulação cessou as operações e o serviço foi executado por um número mínimo de pessoal”, disse ele. O submarino treinou pousado no fundo do mar no Mar Negro, acrescentou: “Após o treinamento, o Krasnodar emergiu com sucesso e continuou os eventos de treinamento de combate”, disse Rulev.

Submarino Krasnodar, classe Improved Kilo
Submarino Krasnodar, classe Improved Kilo

O pouso no fundo do mar é obrigatório para o ciclo anual de treinamento. Os submarinistas treinam a coesão na situação e se preparam psicologicamente para isso. “Em uma situação real, é possível que um submarino tenha que pousar no fundo do mar para escapar da detecção pelo adversário”, disse Rulev. Ele pode ficar no leito marinho para uma revisão geral em um apagão completo, para uma cirurgia ou para economizar energia.

Os submarinos Project 636.3 são a terceira geração de submarinos diesel-elétricos entre os mais silenciosos do mundo. Desenvolvem velocidade submersa de 20 nós, mergulham até 300 metros e têm autonomia de 45 dias. A tripulação é composta por 52 homens, o deslocamento subaquático é de quase 4 mil toneladas. Eles carregam mísseis de cruzeiro Kalibr para atingir alvos na superfície (ZM-54 e ZM-541) e alvos terrestres (mísseis de cruzeiro ZM-14) e possuem novos equipamentos eletrônicos.

FONTE: TASS

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas