Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

Tenente do Exército morto em tentativa de assalto é enterrado sob comoção no interior do RJ

Militar foi baleado no fim de semana na BR-101, em São Gonçalo. Homens do exército acompanharam o cortejo nesta segunda (5) em Rio das Ostras.


Por G1 — Região dos Lagos

O corpo do 2° Tenente do Exército Ezenilton Mudesto Silva, morto em uma tentativa de assalto na manhã de domingo (4) na BR-101, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, foi enterrado sob forte comoção no Cemitério do Âncora, em Rio das Ostras, no interior do estado, nesta segunda-feira (5).

Tenente do Exército morto no RJ era atleta e já carregou a tocha olímpica — Foto: Reprodução | Inter TV
Tenente do Exército morto no RJ era atleta e já carregou a tocha olímpica — Foto: Reprodução | Inter TV

Companheiros do Exército, parentes e amigos acompanharam o velório que começou por volta das 14h.

Amigos e parentes ainda tentavam entender o que aconteceu.

"Não dá pra entender... ele era uma grande pessoa, um grande atleta. Um exemplo a ser seguido", disse Vera Mota, atleta e amiga do militar.

Ezenilton era bahiano, tinha 59 anos e escolheu Rio das Ostras para morar. Ele era apaixonado por corridas de rua e participou de provas no Brasil e no exterior, além de ter carregado a tocha olímpica em 2016.

De acordo com amigos, Ezenilton tinha ido a um encontro de militares da reserva no fim de semana, em Curitiba, no Paraná. Ele resolveu antecipar a volta para casa justamente para não passar pelo trecho da BR-101, em São Gonçalo, durante a noite.

"Ele tinha muito receio dessa situação [violência]. Ele tava retornando no domingo pela manhã, abriu mão de um convívio maior com os amigos porque estava preocupado com a segurança e não queria chegar no Rio à noite", contou Francisco Racine colega de trabalho e amigo de Ezenilton.

Francisco também falou sobre como era o convívio com o militar.

"Eu conheço o Ezenilton há 35 anos. Ele tinha uma vitalidade e um amor pela vida muito grande", completou o amigo.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o militar estava no carro quando foi abordado por dois homens que estavam em uma moto. Eles fizeram os disparos e fugiram. O carro de Ezenilton tem as marcas de tiros na porta e o vidro estilhaçado.

De acordo com informações da Delegacia de Homicídios de Niterói São Gonçalo e Itaboraí, as diligências estão em andamento para apurar as circunstâncias da morte do tenente do Exército.

Em nota, o Comando Militar do Leste lamentou a morte do militar que estava na reserva.


Comentários

Postagens mais visitadas