Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Trump diz que ideia de Macron sobre exército europeu é 'muito insultante'

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira (9) que a ideia de seu homólogo francês, Emmanuel Macron, de criar um exército europeu é "muito insultante.


Sputnik

Na terça-feira (6), Macron disse em entrevista que a Europa deveria criar um "verdadeiro exército europeu" para proteger a região. O mandatário francês disse que a medida pode ser útil para proteger a Europa "da China, Rússia e até dos Estados Unidos da América", já que Trump decidiu sair do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF).


Trump se reúne com apoiadores na Pensilvânia.
Donald Trump © Sputnik/ Katelyn Oaks
"Quem será a principal vítima [do abandono do INF pelos EUA]? A Europa e sua segurança", afirmou Macron.

Trump, que está na França para a comemoração do centenário da Primeira Guerra Mundial, foi ao Twitter criticar a proposta de Macron:

"Muito insultante, mas talvez a Europa deva primeiro pagar sua parte justa da Otan, que os EUA subsidiam muito".

Os dois presidentes têm agenda conjunta no sábado para discutir a segurança na Europa, Síria e Irã.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas