Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã ameaça romper limite de reservas de urânio; entenda o que país pode fazer se sair de acordo nuclear

Sem regulação, país pode adotar equipamentos mais modernos e rápidos e ampliar volume de enriquecimento de material que pode ser usado em armas nucleares. Acordo foi firmado em 2015 entre Irã e mais seis países, mas Trump retirou EUA em maio de 2018.
Associated Press

O Irã anunciou que irá exceder o limite de reservas de urânio determinado pelo acordo nuclear de 2015, ampliando as tensões no Oriente Médio.

O prazo de 27 de junho dado por Teerã vem antes de outra data limite, 7 de julho, para que a Europa apresente melhores termos para que o país permaneça no acordo. Se essa segunda data passar sem nenhuma ação, o presidente iraniano Hassan Rouhani diz que a república islâmica irá provavelmente retomar o alto enriquecimento de urânio.

Veja a seguir em que situação está o programa nuclear do Irã atualmente:

O acordo nuclear

O Irã fechou um acordo nuclear em 2015 com Estados Unidos, França, Alemanha, Reino Unido, Rússia e China. O acordo, formalmente conhecido como Plano de Ação Conjunto Abran…

Cruzador nuclear russo Pyotr Veliky faz exercícios no Mar de Barents

O cruzador de batalha de mísseis guiados Pyotr Veliky (Pedro, o Grande – Пётр Великий), navio-capitânia da Frota do Norte da Marinha Russa, entrou no Mar de Barents para realizar missões de treinamento em combate, informou a assessoria de imprensa da frota no dia 19 de dezembro.


Poder Naval


MOSCOU (Reuters) – Esta é a primeira surtida do navio de guerra no novo período de treinamento de combate, informou a nota.

Cruzador Pyotr Veliky
Cruzador Pyotr Veliky, classe Kirov

“A tripulação do cruzador praticará alguns elementos da prontidão do navio de superfície no mar e realizará um ataque contra um submarino com o disparo de mísseis antissubmarino”, acrescentou.

“A tripulação do cruzador executará o exercício de combate com a prática de armas, atingindo o alvo cujo papel será desempenhado por um dos navios da força submarina da Frota do Norte”, completou.

Depois de realizar suas missões no mar, o Pyotr Veliky retornará à base naval principal de Severomorsk da frota.

O Pyotr Veliky é o único cruzador pesado de mísseis de terceira geração operacional da Marinha Russa, do Projeto 1144 “Orlan”. Teve a quilha batida no estaleiro Baltiysky em 25 de agosto de 1986 e foi lançado em 25 de abril de 1989. Em 18 de abril de 1998, o navio de guerra entrou em serviço com a Marinha Russa e a bandeira naval de Santo André foi içada a bordo.


Os cruzadores de batalha do projeto 1144 “Orlan” (designação na OTAN: classe Kirov) são os primeiros e únicos navios de superfície nucleares da Marinha Russa. Os navios de guerra deste projeto são os maiores de propulsão nuclear do mundo, sem contar os navios-aeródromos dos EUA e da França.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas