Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Defesa russa detecta mais de 3 mil aviões-espiões perto de suas fronteiras em 2018

Em 2018, as forças de defesa antiaérea detectaram e escoltaram cerca de três mil aeronaves de combate estrangeiras, das quais mais de mil eram aeronaves de reconhecimento, comunica a Força Aeroespacial da Rússia.


Sputnik

O número exato de aviões militares estrangeiros foi anunciado pelo comandante das Tropas Radiotécnicas da Força Aeroespacial da Rússia, major-general Andrei Koban, em entrevista ao jornal Krasnaya Zvezda.


Radar (imagem referencial)
© Sputnik / Mikhail Fomichev

"A intensidade do tráfego aéreo nos limites de responsabilidade das Tropas Radiotécnicas é o que principalmente dificulta o serviço militar […] Em 2018, as unidades em serviço das Tropas Radiotécnicas detectaram e acompanharam mais de 980.000 alvos aéreos. Entre eles, havia cerca de três mil aviões de combate estrangeiros, incluindo mais de mil aeronaves de reconhecimento", afirmou.

Ao mesmo tempo, o major-general russo sublinhou que as unidades de defesa antiaérea foram postas em prontidão de combate mais de quatro mil vezes.

"Esta é uma evidência clara da alta tensão do serviço nas Tropas Radiotécnicas, à qual estamos acostumados e para a qual estamos prontos", disse Koban.

Nas palavras dele, as unidades antiaéreas russas diariamente detectam e escoltam mais de cinco mil objetos aéreos, dos quais cerca de 2,5 mil são estrangeiros. Ademais, cada dia cerca de 20 unidades militares são postas em prontidão de combate.

Mais cedo, o mesmo jornal relatou que, no decorrer da semana passada, as autoridades russas identificaram 16 aeronaves estrangeiras realizando atividades de reconhecimento perto das fronteiras russas. Nessa conexão, jatos russos foram enviados duas vezes nesse período para interceptar os aviões estrangeiros, impedindo-os de entrar no espaço aéreo russo.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas