Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Defesa russa divulga VÍDEO do voo dos Tu-160 sobre mar do Caribe

No decorrer de uma visita internacional da Força Aeroespacial russa à Venezuela, os pilotos dos bombardeiros estratégicos Tu-160 efetuaram um voo sem precedentes sobre as águas do mar do Caribe.


Sputnik

O Ministério da Defesa russo divulgou em sua conta oficial no YouTube imagens da cabine de pilotagem dos Tu-60, bem como da vista para o mar de Caribe, captadas a partir dos aviões.


Bombardeiro Tu-160 durante pouso no aeroporto venezuelano
Tupolev Tu-160 Blackjack © AFP 2018 / Federico Parra

De acordo com o comandante da Aviação de Longo Alcance, tenente-general Sergei Kabylash, o voo decorreu em regime normal. Durante 10 horas as aeronaves percorreram mais de 8 mil quilômetros, tendo cumprido todas as tarefas estabelecidas.

Segundo o comandante da tripulação de um dos Tu-160, coronel Pavel Burdakov, o voo sobre as águas do mar do Caribe foi efetuado em plena conformidade com as regras internacionais.

Além disso, os Tu-160 treinaram patrulhamento sobre o território venezuelano.

Burdakov apontou que, no decorrer do voo, não houve intercepções das aeronaves. Em algumas partes da rota os aviões russos foram escoltados por caças venezuelanos Su-30 e F-16 no âmbito do treinamento conjunto.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas