Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã ameaça romper limite de reservas de urânio; entenda o que país pode fazer se sair de acordo nuclear

Sem regulação, país pode adotar equipamentos mais modernos e rápidos e ampliar volume de enriquecimento de material que pode ser usado em armas nucleares. Acordo foi firmado em 2015 entre Irã e mais seis países, mas Trump retirou EUA em maio de 2018.
Associated Press

O Irã anunciou que irá exceder o limite de reservas de urânio determinado pelo acordo nuclear de 2015, ampliando as tensões no Oriente Médio.

O prazo de 27 de junho dado por Teerã vem antes de outra data limite, 7 de julho, para que a Europa apresente melhores termos para que o país permaneça no acordo. Se essa segunda data passar sem nenhuma ação, o presidente iraniano Hassan Rouhani diz que a república islâmica irá provavelmente retomar o alto enriquecimento de urânio.

Veja a seguir em que situação está o programa nuclear do Irã atualmente:

O acordo nuclear

O Irã fechou um acordo nuclear em 2015 com Estados Unidos, França, Alemanha, Reino Unido, Rússia e China. O acordo, formalmente conhecido como Plano de Ação Conjunto Abran…

Divulgadas FOTOS de novo helicóptero de rotor duplo americano

Na quarta-feira (27), as fabricantes de aeronaves americanas Sikorsky e Boeing ofereceram aos entusiastas uma primeira espiada no helicóptero SB-1 Defiant, um projeto desenvolvido para o programa demonstrativo de tecnologia multifuncional conjunto do Exército dos EUA.


Sputnik

Segundo o The Washington Business Journal, o novo helicóptero, que é equipado com um novo sistema avançado de rotor rígido, contém um controle ativo de vibração, fuselagem de compósito e espaço suficiente para uma "tripulação de 4 e 12 soldados equipados para combate".


Fabricantes de aeronaves norte-americanas Sikorsky e Boeing apresentam novo helicóptero SB>1 DEFIANT™
Fabricantes de aeronaves norte-americanas Sikorsky e Boeing apresentam novo helicóptero SB-1 DEFIANT™ © FOTO: CORTESIA DE SIKORSKY-BOEING

"O SB-1 Defiant foi projetado para voar com o dobro da velocidade e alcance dos helicópteros convencionais atuais e oferece agilidade e manobrabilidade avançadas […] Isso ajudará a atualizar a próxima geração de helicópteros militares como parte do programa de Decolagem Vertical do Futuro [FVL, na sigla em inglês] do Exército dos EUA", afirma o comunicado de imprensa da Boeing.


Novo helicóptero SB>1 DEFIANT™ norte-americano equipado com sistema avançado de rotor rígido
Novo helicóptero SB-1 DEFIANT™ norte-americano equipado com sistema avançado de rotor rígido © FOTO: CORTESIA DE SIKORSKY-BOEING

Segundo o comunicado, os dados do SB-1 Defiant ajudarão o exército a desenvolver requisitos para os novos helicópteros que devem entrar em serviço no início dos anos 2030.

O helicóptero Defiant estava programado para iniciar os voos de teste em 2018, mas depois que os oficiais detectaram um problema técnico, os testes foram adiados para 2019.

Em entrevista ao Defense News, Randy Rotte, diretor de vendas e marketing globais da Boeing para helicópteros de carga e FVL, deu poucos detalhes sobre o que exatamente causou os problemas técnicos, classificando-os como "pequenas coisas".

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas