Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Divulgadas FOTOS de novo helicóptero de rotor duplo americano

Na quarta-feira (27), as fabricantes de aeronaves americanas Sikorsky e Boeing ofereceram aos entusiastas uma primeira espiada no helicóptero SB-1 Defiant, um projeto desenvolvido para o programa demonstrativo de tecnologia multifuncional conjunto do Exército dos EUA.


Sputnik

Segundo o The Washington Business Journal, o novo helicóptero, que é equipado com um novo sistema avançado de rotor rígido, contém um controle ativo de vibração, fuselagem de compósito e espaço suficiente para uma "tripulação de 4 e 12 soldados equipados para combate".


Fabricantes de aeronaves norte-americanas Sikorsky e Boeing apresentam novo helicóptero SB>1 DEFIANT™
Fabricantes de aeronaves norte-americanas Sikorsky e Boeing apresentam novo helicóptero SB-1 DEFIANT™ © FOTO: CORTESIA DE SIKORSKY-BOEING

"O SB-1 Defiant foi projetado para voar com o dobro da velocidade e alcance dos helicópteros convencionais atuais e oferece agilidade e manobrabilidade avançadas […] Isso ajudará a atualizar a próxima geração de helicópteros militares como parte do programa de Decolagem Vertical do Futuro [FVL, na sigla em inglês] do Exército dos EUA", afirma o comunicado de imprensa da Boeing.


Novo helicóptero SB>1 DEFIANT™ norte-americano equipado com sistema avançado de rotor rígido
Novo helicóptero SB-1 DEFIANT™ norte-americano equipado com sistema avançado de rotor rígido © FOTO: CORTESIA DE SIKORSKY-BOEING

Segundo o comunicado, os dados do SB-1 Defiant ajudarão o exército a desenvolver requisitos para os novos helicópteros que devem entrar em serviço no início dos anos 2030.

O helicóptero Defiant estava programado para iniciar os voos de teste em 2018, mas depois que os oficiais detectaram um problema técnico, os testes foram adiados para 2019.

Em entrevista ao Defense News, Randy Rotte, diretor de vendas e marketing globais da Boeing para helicópteros de carga e FVL, deu poucos detalhes sobre o que exatamente causou os problemas técnicos, classificando-os como "pequenas coisas".

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas