Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Helicóptero de Israel ataca Hamas em resposta a foguete lançado a partir de Gaza

Um helicóptero das Forças de Defesa de Israel atingiu um posto militar do grupo armado Hamas na Faixa de Gaza, segundo um comunicado do serviço de imprensa da entidade militar.


Sputnik

Antes, o jornal israelense The Jerusalem Post informou que um foguete lançado pelos palestinos a partir da Faixa de Gaza caiu ao lado de uma barreira de proteção do Conselho Regional Sha'ar ha-Negev, no distrito sul de Israel. Ninguém ficou ferido. O foguete atingiu uma área despovoada, por isso as sirenes não foram acionadas.


Helicóptero AH-64 Apache das Forças de Defesa de Israel
AH-64 Apache israelense © AFP 2018 / JACK GUEZ

"Esta noite, foi registrado um lançamento [de um foguete] a partir da Faixa de Gaza contra o território israelense. Em resposta, um helicóptero das Forças de Defesa israelenses atingiu um posto militar do Hamas no sul da Faixa de Gaza", disse o comunicado.

De acordo com os militares israelenses, o foguete disparado pelos militantes palestinos contra Israel foi o primeiro em um mês e meio. O disparo ocorreu após mais um confronto entre moradores do enclave e tropas israelenses, no qual, segundo os médicos locais, morreu um palestino e cinco ficaram feridos.

Gaza está sob bloqueio israelense-egípcio desde que o Hamas assumiu o poder em 2007.

Em meados de novembro, Israel e os grupos palestinos chegaram a um cessar-fogo por um acordo indireto, mediado principalmente pelo Egito e pela ONU. A trégua colocou fim à pior escalada de violência na região desde a ofensiva israelense em Gaza no ano de 2014.

As Nações Unidas e o Egito iniciaram um processo de mediação entre as partes para assegurar um cessar-fogo depois que militantes de Gaza dispararam 460 foguetes contra o sul de Israel, o qual retaliou com o lançamento de ataques aéreos contra 160 alvos em Gaza.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas