Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Justiça Federal condena ex-executivos da Embraer por suborno de coronel da Força Aérea Dominicana

Acordo entre empresários e oficial aconteceu em 2008. MPF acusa ex-executivos de pagarem U$ 3,5 milhões em propina para que companhia fosse favorecida em U$ 92 milhões.


Por G1 Rio

A Justiça Federal condenou nesta segunda-feira (17) dez ex-executivos da Embraer por corrupção internacional na venda de oito aviões super tucano para a República Dominicana. O acordo entre os empresários e um coronel da Força Aérea Dominicana aconteceu em 2008.

Resultado de imagem para super tucano republica dominicana
A-29 Super Tucarno da República Dominicana | Reprodução

O Ministério Público Federal acusa os ex-executivos de pagarem U$ 3,5 milhões em propina para que a companhia fosse favorecida no negócio de U$ 92 milhões. O representante da República Dominicana no acordo na época exercia a função de Diretor de Projetos Especiais do Ministério das Forças Armadas Dominicanas.

A decisão do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, proíbe ainda o exercício de atividades públicas de qualquer natureza dos réus. Um deles teve sua pena substituída porque firmou acordo de colaboração premiada.

A Embraer declarou que não é parte do processo e não comenta situações individuais.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas