Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Chefe da ONU diz que é essencial evitar escalada de tensões no Irã

O chefe da Organização das Nações Unidas (ONU), Antonio Guterres, alertou neste domingo que é essencial evitar “qualquer forma de escalada” das tensões no Golfo, em meio a temores de um conflito após a derrubada de um drone norte-americano pelo Irã na semana passada.
Por Catarina Demony | Reuters

LISBOA (Reuters) - “O mundo não pode permitir um grande confronto no Golfo”, disse Guterres, nos bastidores da Conferência Mundial de Ministros Responsáveis pela Juventude, em Lisboa . “Todos devem manter nervos de aço.”

Na quinta-feira, um míssil iraniano destruiu um drone de vigilância dos EUA, em um incidente que o governo norte-americano disse que aconteceu no espaço aéreo internacional.

Trump disse mais tarde que ordenou o cancelamento de um ataque militar em retaliação pela ação que poderia ter resultado em 150 mortes.

Teerã repetiu no sábado que o drone foi abatido sobre seu território e disse que responderia com firmeza a qualquer ameaça dos EUA.

Os comentários de Guterres vêm um dia depois…

Militares detectaram 16 jatos espiões perto da fronteira russa na última semana

As autoridades russas identificaram 16 aeronaves estrangeiras realizando atividades de reconhecimento perto da fronteira russa no decorrer da semana passada, segundo um infográfico publicado pelo jornal oficial das Forças Armadas, o Krasnaya Zvezda.


Sputnik

Jatos russos foram convocados duas vezes nesse período para interceptar os aviões estrangeiros, impedindo-os de entrar no espaço aéreo russo.


Esta foto sem data da Força Aérea dos EUA mostra um avião espião U-2 (arquivo)
U-2 da USAF © AFP 2018 / US AIR FORCE

De acordo com o jornal, os dados da aviação mostraram que não houve transgressões.

A presença de jatos espiões estrangeiros realizando atividades de reconhecimento perto da fronteira da Rússia tem sido frequente. Ainda segundo o Krasnaya Zvezda, ao menos 17 aviões militares de outros países foram vistos nessa situação no início deste mês.

O Ministério da Defesa da Rússia informa regularmente sobre aviões estrangeiros que se aproximam das fronteiras nacionais. Nessa conexão, tem reiteradamente apelado aos parceiros internacionais para que limitem tal atividade. Apesar disso, o número de voos de reconhecimento continua sendo elevado.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas