Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA não querem competir com novas armas da Rússia, mas não descartam usar armas nucleares

Apesar de um orçamento de defesa maior do que os próximos sete países juntos, os EUA dizem que a Rússia está avançando em uma nova corrida armamentista, e o Pentágono não tem escolha a não ser confiar em sua dissuasão nuclear. Mas quão sinceros eles estão sendo?
Sputnik

"São precisos dois para competir", afirmou nesta semana David Trachtenberg, vice-subsecretário de Defesa dos EUA, acrescentando que os EUA "não estão interessados em equiparar o sistema russo ao sistema".

Ele também observou que "os russos estão desenvolvendo uma incrível quantidade de novos sistemas de armas nucleares" e geralmente "estão fazendo uma série de coisas que simplesmente não estamos fazendo".

Falando no Brookings Institution em Washington, um importante grupo de estudos, Trachtenberg disse que a Rússia lançou recentemente um "programa de modernização militar" ao "re-escalonar e substituir completamente muitos de seus sistemas nucleares tanto no nível estra…

Ocidente não é capaz de interceptar mísseis russos Avangard, confirma especialista militar

O sistema hipersônico russo Avangard representa uma "ameaça absolutamente real", enquanto hoje no Ocidente continua não havendo meios eficazes de combater esses sistemas militares, indica especialista militar alemão.


Sputnik

Tal opinião foi expressa pelo especialista do Centro Aeroespacial Alemão, Dirk Zimper, em entrevista à estação de rádio Deutschlandfunk.


Míssil russo Avangard
Míssil russo Avangard © Foto: Ministério da Defesa da Rússia

Segundo ele, repelir um ataque do sistema Avangard é uma tarefa muito complicada.

"Isso é realmente difícil. Claro que vários estudos foram conduzidos, e o trabalho para criar meios para combater sistemas de ataque semelhantes continua. No momento, não há meios eficazes para os contrariar."

Ao mesmo tempo, o especialista alemão destacou que o fato de Washington não ter meios para combater a arma hipersônica russa foi confirmado ainda em março de 2018 pelo chefe do Comando Estratégico das Forças Armadas dos EUA, general John Heithen.

Em 26 de dezembro, o Ministério da Defesa da Rússia realizou com sucesso o lançamento de teste de um míssil do sistema Avangard. O bloco planador realizou manobras verticais e horizontais guiadas e atingiu o alvo convencional no tempo previamente definido no campo de treinamento do polígono.

O sistema Avangard está entre as armas cuja criação foi anunciada pelo presidente Vladimir Putin em 1º de março de 2018, durante seu discurso anual perante a Assembleia Federal. O míssil é capaz de voar nas camadas densas da atmosfera com alcance intercontinental, enquanto sua velocidade é 20 vezes maior que a do som. A produção em série do Avangard foi anunciada em julho, enquanto sua colocação em serviço se espera nos próximos meses.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas