Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump diz que 'certamente' entraria em guerra com o Irã, mas 'não agora'

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que consideraria uma ação militar contra o Irã para impedir que a República Islâmica consiga armas nucleares. A briga entre Teerã e Washington aumentou depois que os EUA acusaram o Irã de atacar dois petroleiros.
Sputnik

"Eu certamente vou considerar as armas nucleares", disse Trump à revista Time na terça-feira, quando perguntado sobre o que poderia levá-lo a declarar guerra ao Irã. "E eu manteria o outro um ponto de interrogação".

A reportagem não especificou se o presidente elaborou o cenário de lançar um conflito armado de pleno direito com a República Islâmica sobre seu programa nuclear. Quando um repórter perguntou a Trump se ele estava considerando uma ação militar contra o Irã agora, ele respondeu: "Eu não diria isso. Eu não posso dizer isso".

Seus comentários foram feitos um dia depois de o Pentágono ter enviado 1.000 soldados extras para o Oriente Médio "para fins defensivos".

Os Estados Unidos cu…

Relatório: Capacidades russas de A2AD degradam potencial de resposta da OTAN

Mapa interessante do mais recente relatório CSBA – Center for Strategic and Budgetary Assessments de Washington-DC, mostrando as capacidades de contra-intervenção da Rússia (A2AD – Anti Access/Area Denial).


Poder Aéreo

Ele abrange os estados da linha de frente leste da OTAN e se estende até a Europa central, permitindo que as forças russas degradem significativamente uma potencial resposta da OTAN.

Capacidades A2/AD da Rússia. Clique no mapa para ampliar

Observar ampliando o mapa o alcance dos radares OTH da Rússia, o alcance dos caças Su-35 e dos sistemas de defesa aérea S-300/S-400/S-500.

A forte capacidade A2AD da Rússia é um dos argumentos dos defensores do caça F-35, que seria, graças à sua furtividade, o único capaz de penetrar as defesas russas relativamente incólume.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas