Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Relatório: Capacidades russas de A2AD degradam potencial de resposta da OTAN

Mapa interessante do mais recente relatório CSBA – Center for Strategic and Budgetary Assessments de Washington-DC, mostrando as capacidades de contra-intervenção da Rússia (A2AD – Anti Access/Area Denial).


Poder Aéreo

Ele abrange os estados da linha de frente leste da OTAN e se estende até a Europa central, permitindo que as forças russas degradem significativamente uma potencial resposta da OTAN.

Capacidades A2/AD da Rússia. Clique no mapa para ampliar

Observar ampliando o mapa o alcance dos radares OTH da Rússia, o alcance dos caças Su-35 e dos sistemas de defesa aérea S-300/S-400/S-500.

A forte capacidade A2AD da Rússia é um dos argumentos dos defensores do caça F-35, que seria, graças à sua furtividade, o único capaz de penetrar as defesas russas relativamente incólume.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas