Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

The National Interest indica corveta russa como navio do futuro

A nova corveta russa Gromky do projeto 20380 é um navio de guerra mortífero que representa o futuro da Marinha da Rússia, informa a revista The National Interest.


Sputnik

Nos últimos meses, o navio passou por uma série de testes, o que significa que a Marinha o está preparando para prontidão de combate até 2019, escreve o autor do artigo, Mark Episkopos.


Corveta Gromky da Frota do Pacífico, Rússia, 25 de dezembro de 2018
Corveta russa Gromky © Sputnik / Vitaly Ankov

A edição norte-americana acredita que, depois do colapso da União Soviética, a Frota do Pacífico foi particularmente afetada. No entanto, o comissionamento da Gromky reflete os esforços da Rússia para "fortalecer a presença naval na Ásia Oriental".

Além disso, Episkopos observa os méritos do armamento da corveta, especialmente os mísseis antinavio X-35 Uran e o helicóptero antinavio Ka-27.

Anteriormente, o contra-almirante Igor Korolev, vice-comandante da Frota do Pacífico, classificou a corveta como o navio mais econômico de toda a história da Marinha da Rússia, capaz de navegar em quaisquer zonas oceânicas, inclusive até à costa da Austrália.

A corveta Gromky entrou em serviço da Frota do Pacífico em 25 de dezembro. É o segundo navio do projeto 20380. Tem um comprimento de 104,5 metros, largura de 13 metros e deslocamento de 2,2 mil toneladas com a velocidade máxima de até 27 nós.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas