Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Turquia ataca posições curdas no norte do Iraque

A aviação turca atacou na quinta-feira (13) posições do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) no norte do Iraque, informou o Ministério da Defesa turco.


Sputnik

A declaração do Ministério relata que aviões turcos atacaram refúgios e túneis de "terroristas do PKK, PYD [Partido de União Democrática dos curdos sírios], YPG [Unidades de Proteção Popular dos curdos sírios] e outros grupos" nas zonas de Sinjar e Karacak Dagi no Curdistão iraquiano.


Forças curdas no Iraque (imagem referencial)
Tropas turcas no Iraque © REUTERS / Azad Lashkari

A agência Anadolu informou que a operação envolveu mais de 20 aviões, bem como drones e aviões-tanques que destruíram mais de 30 instalações do PKK.

As posições de terroristas foram detectadas em coordenação com as unidades de inteligência e destruídas de forma segura tanto para civis como para meio ambiente.

"Todos juntos, ombro com ombro, com a mesma perseverança e determinação, continuaremos operações até neutralização do último terrorista", comentou o ministro da Defesa turco, Hulusi Akar.

Ancara realiza operações regulares contra o PKK nas regiões fronteiriças com Iraque, mas na zona de Karacak Dagi, que se encontra a uns 165 quilômetros da fronteira com a Turquia, a ofensiva foi levada a cabo pela primeira vez.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas