Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Turquia continuará apoiando a Palestina, diz Erdogan a Abbas em conversa sobre Jerusalém

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, teve uma conversa telefônica com o líder palestino Mahmoud Abbas em que discutiram a questão das recentes mudanças de embaixadas estrangeiras para Jerusalém em Israel.


Sputnik

"O presidente da Turquia e da Palestina falaram por telefone no sábado e discutiram eventos regionais. Erdogan e Abbas também trocaram visões sobre os passos de vários países na mudança de suas embaixadas para Jerusalém e discutiram como prevenir passos errôneos que possam dificultar a solução da questão palestina", disse uma fonte.


Turkey's President Recep Tayyip Erdogan speaks during an Iftar, the evening meal breaking the Ramadan fast, at his palace in Ankara, Turkey, Saturday, May 19, 2018
Recep Tayyip Erdogan © AP Photo / Presidential Press Service/Pool

Erdogan garantiu que a Turquia continuará apoiando o povo palestino.

No início de dezembro, o premiê australiano, Scott Morrison, anunciou que a Austrália reconheceu Jerusalám como a capital de Israel e que tinha intenção de abrir escritórios de Defesa e Comércio lá. Ao mesmo tempo, Caberra afirmou que não tem a intenção de mudar sua embaixada no país.

Em maio, os Estados Unidos mudaram sua embaixada em Israel, de Tel Aviv para Jerusalém, causando desagrado na comunidade muçulmana mundo afora. Brasil, Guatemala, Honduras e República Tcheca também reconheceram Jerusalém como a capital de Israel.

Enquanto isso, a Organização das Nações Unidas (ONU) e seus estados membros condenam esse tipo de medida até que o status legal de Jerusalém seja estabelecido.

Tanto Israel quanto Palestina querem Jerusalém com capital. A expectativa da ONU é que a questão sobre a cidade seja resolvida através de um processo de paz entre ambos os países.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas