Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Turquia detém quatro supostos integrantes do Estado Islâmico

Prisões foram realizadas horas antes das celebrações de Ano Novo em todo o país.


EFE

A polícia da Turquia deteve nesta segunda-feira (31) quatro suspeitos de pertencer ao grupo terrorista Estado Islâmico (EI), horas antes das celebrações de Ano Novo em todo o país.

Resultado de imagem para kocaeli turkey
Província de Kocaeli, Turquia | Reprodução

As detenções ocorreram em diferentes domicílios na província de Kocaeli, situada no noroeste do país, informou a agência semipública "Anadolu".

Três detidos são de nacionalidade síria e o quarto é cidadão turco.

Durante a batida, foram confiscados também vários documentos da organização e aparatos digitais.

Muitos cidadãos de países europeus utilizam a Turquia como país de passagem para chegar à Síria e combater nas fileiras da organização jihadista, mas também há estrangeiros que cometem atentados em solo turco.

Em 2018, 3.038 supostos membros da organização foram detidos na Turquia, informou o Ministério do Interior em comunicado.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas