Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

'Vulcão' retorna ao ringue sírio para eliminar terroristas

O lançador múltiplo de foguetes das Forças Armadas da Síria, montado no chassi do veículo blindado BMP-1, volta a participar de ações militares.


Sputnik

Os veículos, fabricados por militares sírios, passaram a ser chamados de "Vulcão", tendo surgido pela primeira vez em 2016. Se antes o veículo blindado possuía canhão e metralhadora, a inovação traz cinco lançadores de projéteis reativos, que são também produzidos na Síria com importação de munições em série de 12 mm.


Reprodução

De acordo com especialistas, o alcance do armamento não é tão grande, ou seja, um pouco mais do que três quilômetros. Em batalhas contra terroristas foi utilizada atualização com oito lançadores de foguetes, que sumiu por um tempo, chegando a presumir que o veículo de esteira teria "se aposentado".

Mas, como se pode ver, um destes veículos voltou com tudo aos campos de batalha. Não dá para excluir a possibilidade de se tratar de um exemplar fabricado há pouco.

O arsenal das Forças Armadas da Síria conta atualmente com um grande número de lançadores de foguetes próprios com chassis de esteira e de rodas. O mais poderoso deles é o Golan-1000 de 500 mm baseado no tanque T-72.

Comentários

Postagens mais visitadas