Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA e Rússia revivem a Guerra Fria no Oriente Médio com duas cúpulas

Reuniões paralelas, na Polônia e na Rússia, representaram a revitalização do rompimento entre as potências sobre o Irã, a guerra na Síria e o conflito entre Israel e a Palestina
Juan Carlos Sanz e María R. Sahuquillo | El País
Sochi / Jerusalém - Em 1991, a Conferência de Madri estabeleceu um modelo para o diálogo multilateral no Oriente Médio após o fim da Guerra Fria, que havia colocado Washington contra Moscou na disputa pela hegemonia em uma região estratégica. Transcorridos mais de 27 anos, dois conclaves paralelos representaram nesta quinta-feira em Varsóvia (Polônia) e Sochi (Rússia) a revitalização do rompimento entre as potências sobre o Irã, a guerra na Síria e o conflito israelo-palestino. Os Estados Unidos e a Rússia, copresidentes em Madri em 1991, já não atuam mais como mediadores para aliviar as tensões e, mais uma vez, assumem um lado entre as partes conflitantes.

No fórum da capital polonesa, a diplomacia dos EUA chegou a um impasse ao reunir mais de 60 países em uma reu…

Avião americano realiza voo de reconhecimento perto da Crimeia

Um drone militar norte-americano RQ-4B Global Hawk e um avião de reconhecimento Boeing RC-135V da Força Aérea dos EUA realizaram voos perto da Crimeia e junto à costa da região russa de Krasnodar, de acordo com os dados do serviço de monitoramento Plane Radar.


Sputnik

Segundo o portal, na sexta-feira (11), o Global Hawk decolou de uma base aérea na Itália, sobrevoou o espaço aéreo da Grécia, Bulgária e Romênia, e depois realizou ações de reconhecimento na linha de demarcação em Donbass.


Boeing RC-135V norte-americano
CC BY-SA 2.0 / Alan Wilson / Boeing RC-135V

Poucas horas depois, o drone começou a sobrevoar as zonas ao longo da costa do mar Negro.

O avião de reconhecimento norte-americano Boeing RC-135V também se aproximou das fronteiras da Rússia, relata o portal. A aeronave monitorizou o espaço da costa do mar Negro, sobrevoou zonas perto do litoral na região de Novorossiysk e depois retornou à sua base.

Ultimamente a atividade de aviões de reconhecimento e drones estrangeiros perto das fronteiras russas tem aumentado. Em particular, eles foram vistos tanto perto da Crimeia e da região de Krasnodar, como nas regiões próximas das fronteiras ocidentais da Rússia.

O Ministério da Defesa pediu repetidamente a Washington suspender essas operações, no entanto o Pentágono se recusou a fazê-lo.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas