Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Bombardeiro russo Tu-22M3 se acidenta durante pouso forçado na região de Murmansk

Dois pilotos da aeronave morreram e outros dois tripulantes ficaram feridos durante um pouso de emergência no aeroporto na região russa de Murmansk, informou o Ministério da Defesa da Rússia em comunicado, nesta terça-feira (22).


Sputnik

Segundo a informação oficial, a aeronave sofreu o acidente durante uma manobra de pouso forçado ao se deparar com condições climáticas adversas na região russa acima citada.


O bombardeiro estratégico russo Tu-22M3
Tupolev Tu-22M3 © Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia

O acidente ocorreu no aeroporto para aeronaves de longa distância da cidade russa de Olenegorsk por volta das 13h40 do horário local (8h40, no horário de Brasília).

"Em 22 de janeiro, o Tu-22M3, depois de completar um voo de treinamento programado na região de Murmansk, fez um pouso forçado quando se deparou com uma nevasca forte […] Segundo um relatório, dois pilotos foram levados para um centro médico, onde estão recebendo a assistência necessária. Dois membros da tripulação morreram", disse o ministério em um comunicado.

O ministério detalhou que a aeronave se desintegrou durante a aterrissagem."O bombardeiro se desintegrou depois de tocar na pista de pouso […] Não havia armas a bordo", informou a entidade militar.

De acordo com fontes, os médicos estimam que os pilotos que sobreviveram estão em estado grave.

O Tu-22M é um bombardeiro estratégico supersônico de longo alcance desenvolvido pelo escritório de projetos Tupolev e projetado para destruir alvos navais e terrestres a uma distância de até 2.200 km a partir de aeródromos domésticos com mísseis guiados e bombas.

Incorporado às Forças Armadas russas em 1989, o bombardeiro foi usado ativamente em missões na Síria, onde lançou ataques contra as instalações terroristas.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas