Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA podem dobrar contingente militar na América do Sul, diz chefe da inteligência russa

Os EUA podem aumentar seu contingente militar na América Central e do Sul de 20 mil para 40 mil homens, disse o vice-almirante Igor Kostyukov, chefe do Departamento Central de Inteligência (GRU, sigla em russo), do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia.
Sputnik

"Embora na América Latina não haja ameaça militar direta para a segurança dos EUA, Washington tem uma presença militar significativa [na região]. O Comando Conjunto das Forças Armadas dos EUA implantou na América Central e do Sul um contingente de 20 mil militares. No período de ameaças este pode aumentar para 40 mil militares", explicou Kostyukov.


De acordo com ele, os EUA podem provocar uma "revolução colorida" na Nicarágua e Cuba.

"As tecnologias de 'revolução colorida' testadas na Venezuela podem vir a ser usadas em breve na Nicarágua e em Cuba", disse ele.

Segundo Kostyukov, os EUA estão tentando estabelecer o controle total sobre a América Latina.

"A Administração dos EUA considera…

Canadá e China tentam normalizar relações e negociam libertação de canadenses presos

Uma delegação composta por políticos canadenses discutiu com autoridades chinesas a libertação de Michael Kovrig e Michael Spavor, cidadãos canadenses detidos na China, informou a CBC nesta segunda-feira.


Sputnik

"A essência da mensagem é que o ramo executivo do Canadá pediu a sua libertação imediata", disse o legislador canadense Joseph Day, que liderou a delegação, à emissora CBC.


Algemas
CC0

As relações entre o Canadá e a China se agravaram após a prisão em Vancouver de Meng Wanzhou, CFO da gigante chinesa de tecnologia Huawei, a pedido das autoridades norte-americanas por suspeita de violar as sanções impostas pelo Irã. A medida foi interpretada por Pequim como injusta. Autoridades diplomáticas pediram a Ottawa a libertação imediata da executiva (ela mais tarde teve o pedido de prisão domiciliar concedido após pagamento de fiança milionária).

No último dia 10 de dezembro, as autoridades chinesas detiveram o ex-diplomata Kovrig e o empresário Spavor, acusados de ameaçar a segurança nacional.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas