Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

'Déspota' blindado: República Sérvia apresenta seu novíssimo veículo (VÍDEO)

No dia 9 de janeiro, durante celebrações do Dia da República em Banja Luka, foi apresentado pela primeira vez ao público o veículo blindado Despot (Déspota), fabricado na República Sérvia.


Sputnik

A Sputnik Sérvia entrevistou o diretor da empresa fabricante Tehnicki Remont Bratunac, Slavenko Ristic, sobre as vantagens, características técnicas, bem como potencial para exportação do veículo blindado.


Veículo blindado sérvio Despot (Déspota)
Blindado sérvio Despot © Foto : Tehnicki Remont Bratunac

De acordo com o interlocutor da agência, a empresa já tem conhecimento de dois compradores que estão prontos para adquirir um lote de 10 blindados cada um.

A ideia do projeto surgiu em 2017, em 2018 a empresa começou a realizá-lo. Ristic disse que o veículo ainda está passando pelo estágio de testes e será lançado no mercado até maio. Segundo o entrevistado, a realização do projeto contou com a consultoria de um proeminente desenvolvedor de blindados alemão, cujo nome Ristic não divulgou.

Os fabricantes do Despot têm certeza que o blindado será o melhor em sua classe. O veículo conta com proteção contra minas antipessoais, possui um motor Mercedes e é dotado de equipamento de última geração. Todas as suas peças, inclusive o sistema de ventilação e hermetização, segundo os fabricantes, são feitas de aço blindado. Além disso, o Despot possui proteção contra agentes biológicos e químicos.

"Em terreno aberto o Despot é capaz de atingir 130 km/h, podendo superar obstáculos verticais, fossos, obstáculos aquáticos, paredes até determinada altura […] Mas o mais importante é que o nosso veículo possui uma ótima altura a partir do solo e um sistema hidráulico automático de abertura das portas traseiras. O que permite aumentar a operacionalidade da reação da tripulação", foi assim que Ristic descreveu as capacidades da sua criação.

O diretor da empresa apontou também para as vantagens econômicas que o projeto pode trazer ao país.

"Este projeto tem um grande significado não somente para a segurança da República Sérvia, mas também para sua economia. Sua competitividade é assegurada não apenas pelas características técnicas e facilidade logística dos fornecimentos, mas também pela manutenção competitiva. É a nossa chance", concluiu o diretor da empresa.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas