Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Divulgado VÍDEO da interceptação de mísseis israelenses contra Síria

A agência de notícias síria SANA publicou imagens que mostram como o sistema de defesa antiaérea da Síria interceptou o ataque aéreo israelense desta sexta-feira (11) contra Damasco.


Sputnik

Segundo o canal de televisão estatal Ikhbariya, aviões israelenses que voavam na região da Galileia, na fronteira com o Líbano, lançaram vários mísseis em direção à capital da Síria.


Resultado de imagem para Divulgado VÍDEO da interceptação de mísseis israelenses contra Síria
Reprodução

A maioria dos mísseis foi interceptada com mísseis antiaéreos terra-ar.

Segundo uma fonte militar, apenas um armazém foi danificado na região do Aeroporto Internacional de Damasco.

O portal Flightradar informou que, logo depois do ataque, um avião civil da Syrian Air decolou do aeroporto de Damasco para o Bahrein.

Um ataque similar aconteceu em 25 de dezembro, quando aviões israelenses atingiram a Síria a partir do espaço aéreo libanês. O ataque durou mais de uma hora e meia. Segundo a SANA, a defesa antiaérea síria conseguiu interceptar a maioria dos mísseis, mas um depósito de munições foi danificado e três militares ficaram feridos. O Ministério da Defesa da Rússia informou que os aviões israelenses atacaram no momento em que aviões civis pousavam nos aeroportos de Beirute e Damasco.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas