Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Drone americano faz missão de reconhecimento perto da Crimeia

Um drone espião estratégico Global Hawk RQ-4B-30 da Força Aérea dos Estados Unidos realizou na segunda-feira (7) uma missão de reconhecimento ao longo da costa da Crimeia, informou o portal de monitoramento PlaneRadar no Twitter.


Sputnik

De acordo com o portal, o VANT decolou de manhã da base aérea de Sigonella, na Itália, e seguiu para a linha de demarcação em Donbass. Na noite do mesmo dia, o veículo aéreo começou um voo de reconhecimento ao longo da costa russa do mar Negro e se aproximou do litoral na região de Sevastopol, a uma distância de 33 quilômetros. Finalmente, às 23h no horário de Moscou (20h em Brasília), dirigiu-se para o aeródromo de origem.


RQ-4 Global Hawk drone
RQ-4 Global Hawk | Northrop Grumman

No mesmo dia, uma aeronave antissubmarino e de reconhecimento da Marinha dos EUA, um Boeing P-8A Poseidon, também foi vista perto da costa da Crimeia. Ela completou a missão às 22h50, horário de Moscou (19h50 em Brasília).

Recentemente, a atividade de aeronaves de reconhecimento e drones estrangeiros perto das fronteiras da Rússia aumentou. Estes aviões foram avistados tanto na região da Crimeia e de Krasnodar, como perto das fronteiras ocidentais do país.

O Ministério da Defesa russo pediu repetidamente a Washington que abandone tais operações, mas o Pentágono recusa fazê-lo.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas