Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Esclarecimento sobre vídeo em navio da Marinha do Brasil

A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Comunicação Social, participa que o navio do vídeo é o Aviso de Instrução Guarda Marinha Brito, sediado no Rio de Janeiro.


Poder Naval

Durante estágio de mar de militares, foi constatado comportamento completamente incompatível com as tradições da Marinha.


Resultado de imagem para Aviso de Instrução Guarda Marinha Brito

Assim, para ampliar a apuração do ocorrido, foi instaurado procedimento administrativo; cuja conclusão, certamente, conterá as propostas pertinentes as necessárias correções no inaceitável comportamento.

Atenciosamente
Centro de Comunicação Social da Marinha

NOTA DO PODER NAVAL


No vídeo divulgado em redes sociais o Aviso de Instrução Guarda Marinha Brito aparece com a bandeira de faina içada e a bandeira ROMEO sendo recolhida, indicando que o navio tinha acabado de realizar uma faina com o outro Aviso de Instrução de onde o vídeo foi feito.

É uma tradição na Marinha do Brasil tocar música e a exibir mascotes durante e após a realização de fainas em seus navios.

Tradições militares não podem se tornar reféns da intolerância e má-fé das mídias sociais. E nem a Marinha.

Em outras Marinhas, por exemplo, existem brincadeiras que poderiam ser consideradas politicamente incorretas, como a da foto abaixo, em um navio da Marinha Holandesa.



Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas