Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

Espanha inicia a construção de novas fragatas F-110 em maio

Uma nova classe de fragatas para a Marinha Espanhola terá a construção iniciada em maio deste ano, confirmou o Ministério da Defesa do país na segunda-feira.


Poder Naval

As cinco novas fragatas serão construídas pelo estaleiro naval espanhol Navantia sob um contrato de 4,3 bilhões de euros (US$ 4,9 bilhões) que foi aprovado pelo Ministério da Defesa em dezembro de 2018.



O primeiro navio da nova classe deverá ser entregue em 2025 e o último, em 2030 ou 2031.

As fragatas F-110 são a próxima geração de navios de superfície de múltiplas missões da Marinha Espanhola. As fragatas verão a introdução de um Sistema de Gerenciamento de Combate evoluído e um novo radar de banda S de estado sólido com o objetivo de promover parcerias entre a indústria dos EUA e da Espanha.

A Lockheed Martin, empresa norte-americana responsável pelo projeto e desenvolvimento do sistema de gerenciamento de combate Aegis, já está trabalhando com a espanhola Indra na integração do novo sistema de radar de banda S de estado sólido desenvolvido para as fragatas F-110.



De acordo com o Ministério da Defesa, as fragatas F-110 irão medir 145 metros de comprimento e deslocar 6.100 toneladas. Eles serão equipados com um canhão principal de 5 polegadas, mísseis Harpoon, lançadores de torpedos, dois canhões de 30 mm e um sistema de lançamento vertical de 16 células (VLS).

As fragatas F-110 substituirão as fragatas da classe “Santa Maria” da Marinha Espanhola que estão em serviço desde 1986.

Comentários

Postagens mais visitadas