Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

EUA pretendem posicionar lançadores múltiplos de foguetes no Japão, diz imprensa

Os EUA planejam implantar o sistema lançador múltiplo de foguetes de alta mobilidade (HIMARS) na província japonesa de Okinawa e realizar os primeiros testes ainda neste ano, relata o jornal Sankei Shimbun.


Sputnik

Segundo o jornal, os sistemas podem disparar mísseis balísticos ATACMS (mísseis táticos do Exército dos EUA) capazes de atacar alvos terrestres ou marítimos em um raio de 300 quilômetros, o que supera o alcance dos atuais sistemas japoneses.


Lançadores múltiplos de foguetes HIMARS dos EUA
Lançadores de múltiplos foguetes HIMARS dos EUA © AFP 2018 / Ted Aljibe

O principal objetivo da implantação destes armamentos é a neutralização da China, que pode navegar ao longo de algumas ilhas japonesas sem entrar na zona de cobertura do sistema de defesa do Japão, escreve a publicação.

Os sistemas HIMARS, montados em caminhões militares, possuem alto grau de mobilidade e podem ser transportados por via aérea para locais remotos. Depois de efetuarem operações rápidas, eles são facilmente levados de volta ao seu ponto de partida.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas