Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

EUA transportaram meia tonelada de plutônio para Nevada sem nem ao menos avisar

O Departamento de Energia dos EUA enviou secretamente meia tonelada de plutônio para construção de armas nucleares em Nevada.


Sputnik

O governo do estado de Nevada teme que sejam realizadas novas entregas do material nuclear, ressaltando que o transporte foi realizado mesmo com forte oposição do estado.


Míssil nuclear (arquivo)
© AP Photo / Charlie Riedel

A ação do Departamento de Energia gerou uma grande revolta no governo de Nevada. O material nuclear partiu da Carolina do Sul em direção a uma área de segurança nuclear a 113 km ao norte de Las Vegas, mesmo as autoridades estaduais tendo solicitado judicialmente o bloqueio do transporte.

Nevada está procurando uma ordem emergencial para bloquear e evitar novos envios de plutônio, segundo informou o governador Steve Sisolak em coletiva de imprensa.

O governador afirma "suspeitar" de que mais plutônio esteja a caminho de Nevada e, por isso, está procurando qualquer resolução legal, incluindo as ordens judiciais contra o governo federal, em uma luta considerada por ele uma "desconsideração" com a segurança dos cidadãos de Nevada.

"Eles mentiram para o estado de Nevada, enganaram o tribunal federal e comprometeram a segurança das famílias e do meio ambiente de Nevada", enfatizou Sisolak.

Sisolak cita que o Departamento de Energia dos EUA não avaliou devidamente os riscos de transportar o material em uma área sujeita a terremotos e inundações, alertando que o plutônio deveria ser transportado através de Las Vegas, colocando em risco a cidade de aproximadamente 2,2 milhões de moradores, além de 40 milhões de turistas que recebe anualmente.

Enquanto isso, o Departamento de Justiça afirma que o transporte de material nuclear para Nevada é planejado e qualquer material nuclear removido de Savannah River será entregue em algum lugar até 2020.

É importante observar que o presidente Donald Trump reativou a proposta que Barack Obama havia abandonado. O projeto prevê o armazenamento de Plutônio nas usinas de Yucca e Texas.

Comentários

Postagens mais visitadas