Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

EUA vão desenvolver laser para rastrear e destruir mísseis ainda no ar, revela relatório

Os EUA planejam desenvolver um sistema de laser que possa ser montado em uma plataforma aérea não tripulada para rastrear e destruir mísseis em sua fase de aceleração, revelou o Departamento de Defesa em sua edição de 2019 da Revisão de Defesa de Mísseis, nesta quinta-feira.


Sputnik

"O desenvolvimento de tecnologia laser de alta energia escalável, eficiente e compacta, e integrá-la a uma plataforma aerotransportada, tem o potencial de fornecer uma capacidade rentável futura para destruir mísseis impulsionados no início da trajetória", afirma o relatório.


Resultado de imagem para Demonstrador de Laser de Baixa Potência
Reprodução

Isso beneficiaria avanços tecnológicos anteriores na propagação de feixes e controle de feixes, informou o relatório.

"O Departamento de Defesa está desenvolvendo um Demonstrador de Laser de Baixa Potência para avaliar as tecnologias necessárias para montar um laser em uma plataforma aérea não tripulada para rastrear e destruir mísseis em sua fase de aceleração", acrescentou.

O relatório especifica algumas vantagens da base espacial para sensores. Em particular, ele fornece uma melhor observação do espaço para melhorar o rastreamento e potencialmente direcionar ameaças avançadas, disse.

A nova Revisão de Defesa de Mísseis apresenta uma nova estratégia e postura que definirá o caminho para fortalecer as atuais capacidades de defesa antimísseis dos Estados Unidos e defenderá investimentos urgentes em novos.

Comentários

Postagens mais visitadas