Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

Explosão de bomba no norte do Iraque mata três policiais e um civil

Pelo menos quatro pessoas, entre elas três policiais, morreram neste domingo e dez ficaram feridas em um duplo atentado em uma mesma zona situada na província de Saladino, no norte do Iraque, informaram fontes de segurança.


EFE

Bagdá - "Dois atentados terroristas separados na província de Saladino com artefatos explosivos na intersecção entre Al Shirqat e a cidade de Al Masaihli causaram a morte de quatro e deixaram outros dez feridos, entre eles pertencentes aos serviços de segurança", indicou o porta-voz do Comando de Operações Conjuntas iraquianas, Yehia Rasul, na conta oficial do Twitter.


Resultado de imagem para Saladino iraque
Província de Saladino, Iraque

Por sua vez, Saad Abdelmajid, comandante da polícia de Tikrit, capital da região, afirmou à Efe que um civil e uma policial iraquiana morreram e outros dois agentes de segurança ficaram feridos pela segunda explosão de uma bomba colocada no lateral de uma estrada na zona de Al Shirqat, 110 quilômetros de Tikrit.

A fonte garantiu que esta força policial "iria dar ajuda às vítimas da explosão de uma bomba que ocorreu na mesma região horas antes".

Até o momento, nenhum grupo extremista assumiu a autoria do duplo atentado.

Em outubro, três pessoas, entre elas um agente de segurança, morreram na mesma estrada de Al Shirkat pela explosão de uma bomba.

Em Saladino são registrados com frequência ataques e explosões, que as autoridades costumam atribuir a células e combatentes do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) que ainda permanecem na região.

O EI ainda mantém células operativas em várias províncias do Iraque e cometeu atentados esporádicos nos últimos meses, principalmente contra as forças de segurança, mas também contra alvos civis.

Comentários

Postagens mais visitadas