Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

Explosão de carro-bomba deixa ao menos 3 mortos e 5 feridos na Somália

Pelo menos três pessoas morreram e outras cinco ficaram feridas após a explosão nesta terça-feira de um carro-bomba no centro de Mogadíscio, a capital da Somália, confirmaram à Agência Efe fontes policiais.


EFE

Mogadíscio - O veículo foi parado em um posto de controle do serviço de inteligência da Somália no cruzamento de Jubba, muito próximo do centro histórico de Mogadíscio e da prefeitura da cidade, e não chegou a seu alvo ao explodir no local, informou à Efe o policial Mohammed Noor Ali, que estava na região.


EFE/ Said Yusuf Warsame
EFE/ Said Yusuf Warsame

Os serviços de emergência já se encontram no local da explosão, que foi isolado pela polícia.

Mogadíscio é cenário frequente de ataques do grupo jihadista Al Shabab, que é filiado à rede da Al Qaeda e controla parte do território no centro e no sul do país.

O Al Shabab luta para instaurar na Somália um Estado islâmico de corrente wahhabita.

O pior atentado do grupo terrorista em Mogadíscio ocorreu em outubro de 2017 com caminhões-bomba que causaram mais de 500 mortos.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas