Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Frente al-Nusra está prestes a tomar controle sobre estrada Aleppo-Latakia

Os terroristas da organização Tahrir al-Sham (antiga Frente al-Nusra, proibida na Rússia e em vários outros países) estabeleceram controle sobre a cidade de Atarib, na província síria de Aleppo, e sobre a estrada internacional que leva a um posto de fronteira com a Turquia, controlado antigamente pela oposição, comunicou a edição al-Watan.


Sputnik

"A Frente al-Nusra estabeleceu neste domingo (8) o controle total sobre o principal bastião da oposição na parte oeste da província de Aleppo, a cidade de Atarib, situada na estrada que leva ao posto fronteiriço de Bab al-Hama, na fronteira com a Turquia", escreveu a edição, citando fontes próximas da oposicionista Frente Nacional de Libertação. 


Militantes do grupo jihadista conhecido como Frente al-Nusra
Terroristas da Frente al-Nusra © AFP 2018 / Guillaume Briquet

Segundo al-Watan, a Frente al-Nusra bloqueou completamente todas as estradas e passagens que ligam a parte oeste da província de Aleppo com a parte norte, para impedir a deslocação de unidades adicionais da oposição.

De acordo com a edição, os terroristas concentraram suas forças em torno da cidade de Ariha na estrada entre Aleppo e Latakia. O Al-Watan apontou que, caso a cidade seja tomada, os terroristas irão controlar a maior parte da estrada. Além disso, os combatentes cercaram a cidade de Maarrat al-Nu'man, na província de Idlib, controlada pela oposição.

Em resposta às ações dos terroristas, o exército sírio começou a deslocação de suas forças para o norte do país, para as províncias de Idlib, Aleppo e Hama; agora os soldados estão preparados para retaliar os ataques, segundo a edição.

"Forças adicionais do exército sírio, das unidades militares no norte e no centro do país, estão chegando para o norte e noroeste da província de Hama, e sudeste da província de Idlib, enquanto outras colunas militares estão se deslocando para o norte e noroeste da província de Aleppo", comunicou a edição, citando fontes locais.

O Al-Watan comunicou também que o exército sírio reforçou as posições nas cidades de Tell Rifaat e Manbij, na província de Aleppo, bem como bloqueou todas as passagens estreitas que os terroristas usavam para invadir as posições das tropas governamentais.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas