Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Israel recebeu sistema de radar passivo Kolchuga-M da Ucrânia

A empresa israelense Airsom Ltd. recebeu o sistema de radar passivo Kolchuga-M, fabricado na Ucrânia, segundo o site da ImportGenius


Forças Terrestres

De acordo com o ImportGenius, site de rastreamento de importação e exportação, Israel recebeu o complexo de radar passivo (ESM) de longo alcance de nova geração, chamado de Kolchuga-M.

Kolchuga-M

O aviso da ImportGenius dizia que em março de 2018, uma subsidiária da empresa estatal “Ukrspetsexport” Enterprise “Ukroboronservis” vendeu para a empresa israelense Airsom Ltd. (POB 32307 Tel-Aviv 6132201, 5 Kineret St. Bnei-Brak) o sistema de radar passivo Kolchuga-M.

O Kolchuga é uma medida passiva de apoio eletrônico (ESM) que permite identificar alvos terrestres e de superfície e rastrear seu movimento em um raio de 600 km e alvos aéreos a 10 km de altitude até 800 km de distância, o que torna um sistema eficaz para a defesa antiaérea.

A estação do Kolchuga está equipada com antenas de cinco metros, decímetros e centímetros, que fornecem alta sensibilidade de rádio dentro de uma faixa de 110 dB/W – 155 dB/W, dependendo da freqüência.

De acordo com o GlobalSecurity.org, o alcance de detecção de 800 km foi alcançado apenas pelo Kolchuga ucraniano. O melhor que o AWACS dos EUA pode fazer é 600 km, enquanto os complexos terrestres Vera (República Tcheca) e Vega (Rússia) podem alcançar até 400 km – metade do que o complexo ucraniano pode alcançar. O limite inferior de frequência de trabalho do Kolchuga é de 130MHz e é o mais baixo de todos os análogos. Para o AWACS é de 2.000 MHz, para o Vera é de 850 MHz, e o Vega é de 200 MHz.

O sistema de radar de monitoramento eletrônico de longo alcance passivo móvel Kolchuga poderá ser usado durante os exercícios da Força Aérea Israelense.

FONTE: Defence blog

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas