Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Japão comprará ilha desabitada para realizar manobras com EUA

A ilha Mage está localizada a 400 km da base aérea de Iwakuni, da Marinha dos EUA, onde eram abrigados aproximadamente 60 porta-aviões americanos.


Sputnik

Segundo o jornal Yomiuri, o Ministério da Defesa japonês investiu aproximadamente US$ 147 milhões (R$ 545 milhões) para comprar a ilha desabitada Mage, na prefeitura de Kagoshima, ao sudoeste do país, para utilizá-la como local de manobras envolvendo aeronaves japonesas e porta-aviões americanos.


Navio de assalto anfíbio USS Wasp da Marinha dos EUA
CC BY 2.0 / Official U.S. Navy Page / USS Wasp departs Naval Station Norfolk

Atualmente, a ilha, que pertence a uma empresa privada de Tóquio, deve ser integrada às forças japonesas até o final de março, conforme um pré-acordo que deverá ser assinado nos próximos dias.

A iniciativa surgiu pelas manobras militares entre Japão e EUA provocarem um alto nível de ruído durante pousos e decolagens das aeronaves, incomodando os moradores e governantes locais que protestaram contra as manobras.

Ressaltando que, devido aos protestos, as manobras passaram a serem realizadas em uma área quase remota da ilha Iwo Jima, situada a mais de 1.200 km de Tóquio.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas