Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Marinha dos EUA fará exercícios conjuntos com a Romênia no mar Negro

O navio anfíbio de assalto norte-americano, USS Fort McHenry, chegou ao porto de Constanta, na Romênia, onde permanecerá por três dias para a realização de exercícios militares conjuntos com uma fragata romena nas águas internacionais do mar Negro.


Sputnik

Os exercícios estão sendo preparados para acontecerem no dia 10 de janeiro, segundo divulgado nesta segunda-feira (7) pela Marinha romena.


Resultado de imagem para regele ferdinand ship
Regele Ferdinand | Romanian Navy

"Entre os dias 7 e 10 de janeiro, o navio anfíbio de assalto, USS Fort McHenry (LSD-43), estará em visita ao porto de Constanta e ficará por três dias no píer de passageiros. Após deixar o porto na quinta-feira, 10 de janeiro, o USS Fort McHenry e a fragata Regele Ferdinand (Romênia) realizarão exercícios conjuntos nas águas territoriais da Romênia e nas águas internacionais do mar Negro", disse o comunicado da Marinha da Romênia.

O Estado Maior romeno ressaltou que durante a visita os representantes do navio norte-americano se encontrarão com o comando da frota da Romênia e o destacamento de soldados do 307º Batalhão de Fuzileiros Navais fará uma visita à embarcação militar dos EUA.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas