Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA podem dobrar contingente militar na América do Sul, diz chefe da inteligência russa

Os EUA podem aumentar seu contingente militar na América Central e do Sul de 20 mil para 40 mil homens, disse o vice-almirante Igor Kostyukov, chefe do Departamento Central de Inteligência (GRU, sigla em russo), do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia.
Sputnik

"Embora na América Latina não haja ameaça militar direta para a segurança dos EUA, Washington tem uma presença militar significativa [na região]. O Comando Conjunto das Forças Armadas dos EUA implantou na América Central e do Sul um contingente de 20 mil militares. No período de ameaças este pode aumentar para 40 mil militares", explicou Kostyukov.


De acordo com ele, os EUA podem provocar uma "revolução colorida" na Nicarágua e Cuba.

"As tecnologias de 'revolução colorida' testadas na Venezuela podem vir a ser usadas em breve na Nicarágua e em Cuba", disse ele.

Segundo Kostyukov, os EUA estão tentando estabelecer o controle total sobre a América Latina.

"A Administração dos EUA considera…

Marinha russa monitora destroier dos EUA no Mar Negro

A Frota do Mar Negro da Rússia está monitorando um destroier dos EUA que estava no mar neste sábado (19), informou o centro de controle de defesa nacional.


Sputnik

"As forças da Frota do Mar Negro começaram a seguir o destroier Donald Cook, após entrar no Mar Negro", diz o comunicado.


Resultado de imagem para uss donald cook
USS Donald Cook (DDG-75) | Reprodução

O destroier está sendo protegido pela fragata Pytlivy da Rússia e rastreado a partir de recursos de vigilância eletrônica e técnica, acrescentou o centro.

A sexta comandante da frota dos Estados Unidos, vice-almirante, Lisa Franchetti, disse que os navios de guerra russos foram "profissionais" em suas interações com a Marinha dos EUA no último ano em seus encontros no Báltico, Mar Negro e Mediterrâneo.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas