Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Militares russos encontram armas de terroristas em depósito na província síria de Daraa

Soldados russos encontraram na Síria um esconderijo de armas antitanque na província de Daraa, que foi deixado para trás pelos terroristas que se renderam, relatou a repórteres Valery Shkolnik, representante das Forças Armadas da Federação da Rússia.


Sputnik

"Aqui é apresentado arsenal que, nas últimas 24 horas, foi apreendido de alguns grupos armados e que foi anteriormente vendido para atos terroristas no território das províncias meridionais da República Árabe da Síria, incluindo na província de Daraa", declarou a autoridade russa, apresentando parte do arsenal encontrado.


Armamentos abandonados por radicais na província de Daraa (foto do arquivo)
© Sputnik / Ilya Smagin

Segundo Valery Shkolnik, no depósito de terroristas havia granadas antitanque, um lança-granadas antitanque, um contêiner do míssil guiado antitanque TOW-2, que é capaz de atingir alvos a 4 km, e granadas de mão caseiras.

Além do mais, foram encontrados foguetes de 122 mm para lançadores múltiplos de foguetes, minas de 120 milímetros, bolsas para transporte granadas para um lançador de granadas propulsadas RPG-7 e outros armamentos.

"Todas as armas encontradas serão destruídas em breve no polígono", afirmou Shkolnik. O representante das Forças Armadas da Rússia também relatou a geografia das munições e armas apreendidas: de acordo com as marcas, nas mãos dos terroristas foram parar artilharia dos antigos membros do Pacto de Varsóvia e minas americanas e francesas.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas