Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Gorbachov chama EUA para retomar diálogo com a Rússia sobre armas nucleares

O último presidente da União Soviética, Mikhail Gorbachov, pediu que os Estados Unidos retomem um "diálogo sério" com a Rússia sobre o problema das armas nucleares e alertou contra as "perigosas tendências destrutivas" na política mundial, em artigo publicado nesta quarta-feira no jornal "Vedomosti".
EFE

Moscou - Após constatar uma ruptura da comunicação entre Moscou e Washington, o ex-líder soviético se dirigiu em particular aos congressistas americanos para pedir que deixem de lado suas diferenças partidárias para facilitar um "diálogo sério" entre ambos os países.


"Estou convencido de que a Rússia está preparada (para o diálogo)", ressaltou Gorbachov, que manifestou preocupação com a suspensão, primeiro pelos EUA e depois pela Rússia, do Tratado de Eliminação dos Mísseis de Médio e Curto Alcance (INF), que ele assinou em 1987 com o então presidente americano, Ronald Reagan.

Gorbachov apontou que por trás da decisão de Washington de deix…

Pompeo evita especular sobre invasão militar dos EUA na Venezuela

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse a repórteres durante o encontro do Conselho de Segurança da ONU neste sábado (26) que prefere não especular sobre uma possível ação militar na Venezuela.


Sputnik

Pompeo foi instado a responder uma questão direta feita pelo enviado russo à ONU, Vassily Nebenzia, se Washington usaria força militar na Venezuela.


Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, durante transmissão de seu discurso no Fórum Econômico Mundial, em Davos, Suíça, em 22 de janeiro de 2019.
Mike Pompeo © AFP 2018 / Fabrice COFFRINI

"O que os Estados Unidos podem fazer no futuro eu não especular […]. Nós pensamos que todos os membros da Organização das Nações Unidas [ONU] deve se juntar a nós pelo povo da Venezuela", afirmou.

Pompeo também acrescentou que o governo dos EUA acredita que conseguirá mais apoio contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e a favor de uma mudança de regime no país sul-americano.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas