Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Quando não resta mais nada além de fanfarrice

Desde o dia 6 de janeiro, nas águas do mar Negro está o navio anfíbio de assalto USS Fort McHenry, se preparando para participar de manobras conjuntas com a fragata romena Regele Ferdinand nas águas territoriais da Romênia e na área de águas neutrais.


Sputnik

A chegada do navio "reafirma a nossa determinação coletiva para a segurança do mar Negro e reforça nossas fortes relações com nossos aliados e parceiros da OTAN na região", declarou a vice-almirante Lisa M. Franchetti, comandante da 6ª Frota dos EUA.


Quando não resta mais nada além de fanfarrice

O Ministério da Defesa da Rússia informou que o navio-patrulha Pytlivy, da Frota do Mar Negro, acompanha as ações do navio americano.

Comentários

Postagens mais visitadas