Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Quão prestigioso se tornaria Vietnã com caças russos Su-57 de 5ª geração?

A intenção do Vietnã de comprar 12 caças russos Su-57 de quinta geração levou especialistas a analisar o potencial militar de países asiáticos e a concluir que os novíssimos caças russos seriam capazes de tornar a Força Aérea vietnamita em uma das mais fortes do Sudeste Asiático, escreve Military Watch.


Sputnik

"Como o Vietnã carece de Sistemas Aéreos de Alerta e Controle (AWACS), tais como o A-50, os sensores avançados do Su-57 proporcionariam um nível sem precedentes de reconhecimento situacional, enquanto que o longo alcance e alta altitude [do Su-57] seriam excelentes para patrulhar o disputado mar do Sul da China, região onde a presença militar da China tem crescido consideravelmente", de acordo com a revista.


Caça da quinta geração Su-57
Sukhoi Su-57 © Sputnik / Aleksei Kudenko

O caça Su-57, armado com mísseis R-37 ar-ar de longo alcance, que conseguem atingir alvos a 400 km, desafiaria seriamente a superioridade aérea chinesa. Além disso, o grande potencial de ataque do Su-57 abriria portas para equipá-lo com mísseis balísticos hipersônicos X-47M2 Kinzhal. Os novos mísseis Kinzhal são muito mais eficientes do que os antigos mísseis vietnamitas Scud.

Para se ter uma noção, o novo míssil voa 10 vezes mais rápido do que a velocidade do som, e a alta capacidade de manobra e precisão o torna "muito mortal como uma plataforma de ataque tático" e praticamente invulnerável à interceptação da defesa antimíssil.

Mísseis hipersônicos podem atingir não apenas alvos militares terrestres, mas também navios inimigos, incluindo aqueles capazes de desabilitar até mesmo os maiores porta-aviões com um ataque.

Segundo especialistas, a aquisição de caças russos Su-57 pelo Vietnã poderia ser causada pela intenção de Singapura de substituir os antigos caças F-16 por novos aviões furtivos americanos F-35A.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas