Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Recrutamento chinês estaria indicando produção massiva do caça J-20

A China continua apostando nos seus caças, com o J-20 de quinta geração dominando a linha de produção desde que entrou em serviço, em março de 2017.


Sputnik

A estimativa é de que aproximadamente 100 caças de elite já estejam prontos. O J-20 é um caça de quinta geração chinês, um análogo do americano F-22 Raptor, além disso, ele é um dos três caças que fazem parte do Exército Popular de Libertação.


Caça furtivo chinês J-20
Chengdu J-20 © Foto: Public Domain / Sunson Guo

A China conta com o caça de 4++ geração, J-10C light e o J-16, uma aeronave que se assemelha ao caça J-20 de quinta geração, isso devido aos sistemas de guerra eletrônica, aviônicos e sistemas de armas avançados, segundo a revista Military Watch.

Com esse potencial, a China demonstra que está investindo uma grande quantia para fortalecer sua defesa e combater eventuais ameaças em torno de seu território. Dessa maneira, estima-se que os chineses deverão ultrapassar as forças americanas, que produziram em torno de 90 unidades do caça F-35 em 2018.

Além disso, devido à produção em massa dos J-20, o Exército Popular de Libertação iniciou uma campanha de recrutamento em grande escala para formar a próxima geração de pilotos. Tanto é que o recrutamento ocorre em 31 das 33 áreas administrativas das províncias, isso mostra que caças J-20 estão sendo produzidos em uma escala considerável.

Algo que se destaca no Exército chinês é justamente a capacidade de produzir munições de qualidade em grande escala, comprovando habilidade em produzir equipamentos de alta tecnologia, bem como financiando produção em massa de caças J-20 de quinta geração.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas